sexta-feira, 1 de junho de 2012

O TÁLAMO E O OLHO DE HORUS


Hórus é a segunda pessoa da "tríade" egípcia, composta por Osíris - o pai, Hórus - o filho e Ísis - a mãe. De acordo com uma lenda difundida no Antigo Egito, Hórus foi concebido por Isis, quando Osíris, que era seu pai, já estava morto. A lenda sugere que a fecundação ocorreu quando Isis, na forma de um pássaro, pousou sobre a múmia do esposo. Na mitologia egípcia, Hórus é o deus dos céus, tinha cabeça de falcão e os olhos representavam o Sol e a Lua.
Segundo a lenda, durante uma luta o deus Seth arrancou o olho esquerdo de Hórus, o qual foi substituído por um amuleto. Depois da sua recuperação, Horus organizou novos combates que o levaram à vitória decisiva sobre Seth.
O olho que Hórus feriu (o olho esquerdo) é o olho da Lua esta é uma explicação dos egípcios para as fases da lua, que seria o olho ferido de Hórus.
O Olho Esquerdo de Hórus representa a informação estética abstrata, controlada pelo hemisfério direito do cérebro. Lida com pensamentos e sentimentos e é responsável pela intuição. Ele aborda o universo de um modo feminino. Nós usamos o Olho Esquerdo, de orientação feminina, o lado direto do cérebro, para os sentimentos e a intuição.
O Olho Direito de Hórus representa a informação concreta, factual, controlada pelo hemisfério cerebral esquerdo. Ele lida com as palavras, letras, e os números, e com coisas que são descritíveis em termos de frases ou pensamentos completos. Ele aborda o universo de um modo masculino.
Informações a partir de: http://pt.wikipedia.org/wiki/H%C3%B3rus e